Image and video hosting by TinyPic
Mostrando postagens com marcador ‎Internacional‬. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ‎Internacional‬. Mostrar todas as postagens

Garota ‘renasce’ após ser atropelada por trem

Garota renasce
Uma garota de 19 anos foi atropelada por um trem em Mumbai, na Índia.
Pratiksha Natekar estava correndo nos trilhos numa estação ferroviária e não percebeu a chegada da locomotiva.
Ela usava fones de ouvidos e por isso não ouviu o barulho do #trem se aproximando.
Várias pessoas na plataforma começaram a gritar desesperadamente para que a garota saísse de lá, mas ela não ouvia.

A moça acabou sendo atropelada e por milagre não morreu.

Ela teve alguns ferimentos na cabeça, nos lábios e nos olhos. As imagens gravadas pela câmera de segurança da estação flagraram este momento.
Foi um grande susto e podemos dizer que Natekar nasceu de novo.
Ao ser atingida pela locomotiva, seu corpo foi jogado para frente e ela caiu no meio do trilho, sendo atropelada.
De acordo com a garota, ela estava correndo nos trilhos distraída e quando viu o trem, ficou paralisada e sem ação.
“Eu não sabia o que fazer“, disse ela. Pratiksha Natekar só lembra que acordou no hospital.
Veja as cenas fortes do #atropelamento da indiana…

Atropelamento

Em fevereiro deste ano, um atropelamento na via férrea ocorreu no Brasil.
Segundo informações da empresa de Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, o acidente aconteceu na estação Itaquaquecetuba, no horário da manhã, quando a estação estava lotada.
Houve uma falha em um dos trens e algumas pessoas decidiram andar nos trilhos para ir até a outra estação. A vítima acabou não percebendo um trem em movimento e acabou sendo atropelada.
Ela foi levada ao hospital após ferimentos graves.

Paraná

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) fez um levantamento, em 2016, indicando que 19 pessoas foram atropeladas por trem no estado do Paraná.
Ocorreu um aumento de 21% frente ao ano retrasado.
Mesmo tendo um significativo aumento do número de atropelamento, os acidentes caíram um pouco.
Garota renasce

A maior redução de acidentes foi o descarrilhamento. O choque entre trens também preocupa. No ano de 2016 foram 41 batidas entre locomotivas.
A empresa ALL (América Latina Logística), responsável pelo transporte férreo do Paraná, afirmou no ano passado que está em andamento com um trabalho de revitalização e a tendência é diminuir os acidentes.
Conforme informações da empresa, na época, novas locomotivas seriam compradas o que aumentaria significativamente a segurança para funcionários e para comunidade que mora perto da via.
Mesmo assim, as pessoas devem sempre ficar atentas com as sinalizações e os locais proibidos de transitarem.

Crise na Venezuela: espaço aéreo do país está fechado e situação agrava

O grupo Latam, resultado da fusão das companhias aéreas LAN (Chile) e TAM (Brasil), anunciou nesta segunda-feira (30) que suspenderá “temporariamente e por tempo indeterminado” seus voos para Caracas.
Segundo a empresa, a decisão foi tomada frente ao “complexo cenário macroeconômico atual que enfrenta a região”. A Latam Brasil já cancelou no último sábado (28) seus voos entre Caracas e São Paulo (Guarulhos).
Com a medida, a Latam –hoje maior companhia aérea da América Latina– se soma à Gol, à Air Canada, à Alitalia e, mais recentemente, à alemã Lufthansa, que também suspenderam suas operações na Venezuela por não conseguirem repatriar bilhões de dólares bloqueados no país.
O problema decorre do complexo sistema de câmbio em vigor no país. As empresas aéreas são obrigadas a vender passagens em bolívar (moeda venezuelana) e parte deste dinheiro é usado para gastos locais, como salário de funcionários e pagamentos de taxas. O excedente, porém, precisa ser transformado em dólar para ser repatriado ao país de origem das companhias aéreas.
1927323
Em 2012, as empresas podiam repatriar o dinheiro a uma taxa preferencial de 4,3 bolívares por US$ 1. Em 2015, o índice de conversão já havia subido para 12 bolívares por US$ 1.
Em fevereiro, quando a Gol suspendeu seus voos para Caracas, a empresa tinha R$ 351 milhões bloqueados no país. Na mesma época, a TAM tinha R$ 161 milhões retidos na Venezuela.
“As suspensões, que serão feitas de forma gradual, serão concluídas em 1º de agosto deste ano”, disse a Latam, em nota. O grupo anunciou que, no final de julho, a Latam Airlines Peru suspenderá os voos entre Lima e a capital venezuelana, e a Latam Airlines, os trechos entre Santiago, Guayaquil e Caracas.
Segundo o grupo, os passageiros com reservas para as rotas que serão suspensas vão poder remarcar as viagens ou solicitar o reembolso da passagem sem a cobrança de taxas.



“As empresas do Grupo Latam consideram a Venezuela um mercado relevante e, por isso, trabalharão para a retomada dessas operações brevemente e assim que as condições globais a permitam”, diz a nota divulgada pelo grupo.
No último domingo, a alemã Lufthansa havia anunciado a suspensão de voos para a Venezuela, a partir de Frankfurt.
A Venezuela tem as maiores reservas de petróleo do mundo, mas atualmente é afetada pela queda dos preços da commodity. O governo tomou várias medidas de restrição de movimento de capitais.

Principal humorístico dos EUA faz piada de Dilma Rousseff. Confira!

A presidenta afastada Dilma Rousseff foi satirizada em quadro do programa humorístico norte-americanoSaturday Night Live, exibido na noite neste sábado (21). No jornal fictício Weekend Update, a comediante Maya Rudolph interpretou Rousseff com um charuto e uma bebida tropical nas mãos.
“No Brasil, nós temos problemas muito maiores que um pequeno impeachment: nossa economia é uma grande recessão, nossos rios estão contaminados por dejetos humanos, e nós temos vírus zika nos mosquitos”, disse a personagem, com sotaque espanhol.
O programa semanal Saturday Night Live, criado em 1975, gira em torno de esquetes que geralmente fazem paródias da cultura e política norte-americana. O elenco é variável, assim como os apresentadores. No Brasil, o programa  é transmitido no canal Sony. Ao longo das mais de três décadas no ar, o SNL recebeu uma série de prêmios, incluindo 21 Prêmios Emmy do Primetime, um prêmio Peabody e três Writers Guild of America Award.
001
Assista à esquete:



Deficiente físico é humilhado pela polícia durante abordagem na França

Um vídeo está revoltando internautas pelo mundo após mais um abuso policial. Desta vez, oficiais franceses foram vistos revistando e humilhando um deficiente físico em um metrô de Paris.

O homem, que não tem as duas pernas e um braço, foi obrigado a remover as próteses depois de ser empurrado contra um muro pelos policiais. Após a revista, ele foi deixado jogado no chão e não recebeu ajuda das autoridades para recolocar as próteses.
Segundo testemunhas, os policiais chegaram a jogar o telefone e o documento do homem antes de irem embora. A imprensa francesa identificou o rapaz como François Bagya, que disse ter sido abordado pelos policiais sem motivo enquanto viajava entre as estações  Gare de Lyon e Gare du Nord.




“Eles me acusaram de ter roubado o telefone, eu comecei a ficar bravo e eles me empurraram contra a parede. Um deles chegou a puxar minha perna para ver se eu realmente era um deficiente físico, mesmo tendo mostrado minha carteira do convênio. Depois de tirarem elas, ainda me revistaram”, explicou François ao “Daily Mail”. “Eu me senti completamente humilhado”, completou. 





Após o fim da abordagem, usuários do metrô aparecem para ajudar o rapaz a se levantar. Ele ainda explica o incidente ao rapaz responsável pela gravação do vídeo. A gravação já foi vista mais de 200 mil vezes no Facebook.



Crise internacional e problemas internos são causas do desemprego no Brasil

O Brasil chega ao Dia do Trabalho, neste 1º de maio, com taxa de desemprego de 10,9%, segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já os números de março do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência Social, mostram supressão de 1,85 milhão de vagas formais em 12 meses. O aprofundamento do desemprego atinge as economias emergentes em geral. Mas o caso brasileiro é agravado pelas crises política e fiscal.
A Organização Internacional do Trabalho (OIT) projeta aumento em 2,4 milhões no número de desempregados nas economias emergentes em 2016. Steven Tobin, do Departamento de Pesquisa da OIT, explica que a deterioração do mercado de trabalho nesses países está ligada à redução do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país). Na América Latina e Caribe, a situação é considerada mais grave, com contração do PIB em 2015.
“Enquanto as economias emergentes navegaram pela primeira fase da recessão global relativamente bem, elas recentemente experimentaram marcada deterioração nas perspectivas econômicas e do mercado de trabalho. A situação é particularmente crítica na América Latina e Caribe. A região deve crescer significativamente abaixo da média mundial nos próximos anos”, destaca Tobin.
O pesquisador ressalta que, dadas as características de alguns países emergentes, os efeitos sociais do desemprego podem se tornar mais nefastos. “Desde que muitas dessas economias não têm um sistema de benefícios abrangente, ou políticas ativas para o mercado de trabalho, os efeitos de um aumento do desemprego nesses países pode afetar negativamente os padrões de vida e a qualidade dos empregos”, afirma citando com uma das consequências o aumento do emprego informal.



Particularmente no Brasil, Tobin cita a diminuição da demanda externa, em especial da China, e a queda nos preços das commodities (produtos primários com cotação internacional) como fatores que contribuíram para o aumento da taxa de desemprego. No entanto, diz ele, esse cenário acabou revelando fraquezas estruturais do país, como a baixa produtividade. Segundo o pesquisador, o Brasil teve “excessiva confiança” na exportação de commodities durante os anos de prosperidade.


Crise interna
Segundo especialistas ouvidos pela Agência Brasil, a situação do país se torna mais difícil devido a uma crise fiscal. O governo tenta cortar despesas para equilibrar as contas públicas, afetadas por gastos elevados e também pela queda na arrecadação tributária causada pela recessão. Paralelamente, o Brasil vive uma crise política que impacta a economia e cujo episódio mais recente, a aprovação do pedido de abertura de um processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff pela Câmara dos Deputados, paralisa as ações que poderiam melhorar o cenário econômico.
“Há um travamento da economia brasileira que é um terço decorrente da crise internacional e dois terços, dos nossos problemas internos. Associada à crise internacional, temos a crise fiscal, hídrica e a Operação Lava Jato. Ao atuar no sentido de coibir a corrupção, ela trava o setor da construção, que era muito forte. Vários fatores estão atuando simultaneamente”, afirma o diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Clemente Ganz Lúcio.



Para o economista Gilberto Braga, professor da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas Ibmec, o quadro é “desorientador”. Ele diz que só haverá perspectiva de melhora no emprego com a solução da crise política. “É preciso que o imbróglio político seja resolvido para que exista a possibilidade de a economia se reaprumar. O nível de emprego demora a reagir. Quando os índices macroeconômicos pioram, o emprego é o último cair. E também é o último a voltar ao normal”, destaca
Braga recomenda também que quem perdeu o emprego nunca perca de vista a qualificação. “O importante é se qualificar, sempre. Hoje em dia, com o mercado mais fechado, quem tem o currículo melhor tem mais chances. Não se deve desistir de fazer cursos, estágios e de procurar emprego”, aconselha. Ele lembra que o empreendedorismo é uma tendência em épocas de desemprego alto. “Entretanto, justamente por ser tendência, há muita concorrência”, alerta.
Mariana Branco, da Agência Brasil
Fotos: AFP

EUA tem neste sábado a maior reunião de acionistas do mundo

Neste fim de semana, ocorre nos Estados Unidos o encontro anual da Berkshire Hathaway, um dos maiores conglomerados de empresas do mundo. Considerada a versão financeira do festival de Woodstock, a reunião é, em sua maioria, composta mais por acionistas comuns do que analistas e investidores de Wall Street. O Yahoo transmite o evento todo com exclusividade global.
A Berkshire Hathaway é um conglomerado de empresas que tem participação em algumas das maiores marcas do mundo, como Coca-Cola, IBM, Wells Fargo, American Express, entre outras. Um dos motivos de sua preponderância no mundo das finanças é o seu CEOe principal executivo, Warren Buffett. O empresário de 85 anos é um dos homens mais ricos do mundo e tem uma reputação de não correr riscos em seus investimentos, mas não perder boas oportunidades. Sua sólida reputação é o que os pequenos acionistas da Berkshire mais procuram.

Apesar do encontro oficialmente começar nesta sexta-feira, é no sábado que a ação realmente se faz notar. Milhares de acionistas se reúnem num centro de convenções em Omaha, no Nebraska, e têm a oportunidade de interagir com outros acionistas, corretores e empresas - das quais a Berkshire Hathaway tem participação acionária -, que lançam produtos em muitas vezes destinados a exatamente esta audiência.
Quer ir? A menos que você seja acionista da BH, você só terá chance no ano que vem. O evento é exclusivo para quem tem ações da companhia. A cobertura do Yahoo, contudo, vai ser extensa o suficiente para que você não perca nada das informações do evento, desdobramentos e oportunidades criadas pela empresa, acionistas e anunciantes.
Apesar do encontro não se destinar aos tradicionaisplayers do mercado financeiro, trata-se de um evento para iniciados. Os milhares de acionistas da Berkshire têm pelo menos conhecimentos básicos e expectativas em relação ao evento. É uma boa chance de se aproveitar novas oportunidades de investimento com a ‘proteção’ dada pela empresa, que tem interesse em indicar bons negócios aos seus clientes.



image



Buffett é uma figura muito respeitada no país porque jamais se envolveu em operações financeiras polêmicas. Seus conselhos pregam uma postura conservadora. “Cartões de crédito não são seus amigos”, “A maioria das pessoas não devia nunca comprar ações” e “Não entre na onda dos outros” são alguns dos conselhos que ele deu publicamente. 
Imagem:  Nati Harnik/Associated Press 

Baixar velocidade é o principal caminho para reduzir mortes no trânsito

Que a imprudcência no trânsito aumenta os riscos de acidentes não é novidade para ninguém, além de ser um dos principais causadores de mortes no mundo.  De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde, os acidentes de trânsito são responsáveis pela morte de mais de 1,2 milhão de pessoas no mundo por ano.
No entanto, a principal vilã dos acidentes seria ainda a velocidade elevada.
Um estudo feito pelo Insurance Institute for Highway Safety, órgão norte-americano de segurança no trânsito, mostra que os aumentos de velocidade nos Estados Unidos causaram pelo menos 33 mil mortes no país nos últimos 20 anos.











Segundo a pesquisa, para cada alta de 8 km/h nos limites de velocidade houve crescimento de 4% no número de óbitos. Se considerar apenas as rodovias, o mesmo aumento gera 8% mais acidentes fatais. Confira o estudo completo.
Acidentes em São Paulo
A cidade de São Paulo ainda vem enfrentando resistência de motoristas que se dizem contrários à redução dos limites de velocidade nas principais vias do município.
Na capital paulista, mortes no trânsito caíram 20,6% com o limite menor. O número de mortes em acidentes com veículos caiu de 1.249 em 2014 para 992 em 2015. Essa foi a maior baixa desde 1998, quando passou a vigorar o novo Código de Trânsito Brasileiro.
Crédito da Foto: AFP

Floresta flutuante vai distribuir alimentos de graça

Quando se pensa em produção de alimentos, geralmente vem logo a ideia do campo à cabeça. No máximo plantações em áreas periféricas de cidades ou pequenas hortas. Mas uma ideia diferenciada nasceu em Nova Iorque.
É a  “floresta flutuante” que vai passar pelos portos da cidade a partir de junho. O Swale é uma grande barca de 24 x 9 metros, onde serão cultivados 80 tipos de alimento para distribuição gratuita.
O conceito foi criado pela artista Mary Mattingly, que em 2009 passou seis meses vivendo em um ecossistema autossuficiente, também flutuante e também em Nova York. Foi aí que ela passou a querer provar que “é possível existir de um modo independente da cadeia global de produção”.


Mary toca o projeto junto com Casey Tang, também artista e permaculturista. Foi ela quem criou as bases do que viria a ser o Swale. A grande inovação é a técnica que utiliza a água do rio para cultivar o solo. 










O barco conta com uma vegetação própria de áreas úmidas, capaz de filtrar os recursos do rio e fornecer água para as outras plantas. Por apostar em espécies perenes, isto é, que têm ciclo de vida longo, o trabalho de manutenção é menor, o que facilita a replicação em área públicas.

Esse bebê foi deixado para morrer no lixo em Bangkok. O que aconteceu com ele é inacreditável.Confira…

É uma verdadeira honra lhes apresentar o pequeno Pui. O vira-lata passava seus dias vagando pelas ruas de Bangkok, a capital da Tailândia. Um dia, ele estava remexendo numa lixeira à procura de algo para comer quando esbarrou em uma sacola de plástico com alguma coisa dentro. Imediatamente, Pui percebeu que tinha algo errado ali. Com bastante cuidado, ele retirou a sacola do lixo e a carregou com o focinho para a casa de uma família. Ao chegar lá, ele latiu longamente até despertar a atenção de alguém.

E as pessoas que passavam ficaram boquiabertas quando o cachorro abriu a sacola e foi possível ver que havia um recém-nascido dentro dela. Pelo tamanho do corpo do bebê, não havia dúvidas de que ele havia nascido prematuro. A dona da casa recolheu o bebê e o cobriu imediatamente e em seguida chamou uma ambulância.


O socorro chegou no momento exato. O bebê não pesava nem 2 kg e estava severamente desnutrido. Ele recebeu os cuidados de emergência no hospital e uma busca pela mãe que havia abandonado o recém-nascido prematuro foi iniciada.foto pronta










A notícia mais importante, entretanto, era que o bebê havia sobrevivido! Pui era claramente o novo herói da cidade. Todos ficaram orgulhosos do pequeno salvador. Até mesmo uma equipe de televisão procurou pelo cachorro, destacando sua conduta heroica.
Em uma cerimônia festiva, ele recebeu de representantes da Prefeitura da cidade uma coleira com uma medalha, em homenagem ao seu trabalho como salvador de bebês. A família recebeu um prêmio de cerca de R$ 1.000. Eles também ficaram muito agradecidos pela atitude de Pui. Um cachorro muito especial!
foto pronta
Eu não tenho palavras para descrever minha admiração por esse cachorro. Eu não quero nem imaginar o que poderia ter acontecido caso Pui não tivesse sido tão esperto ao resgatar o bebê prematuro. Compartilhe a história de Pui, o cachorro salva-vidas!
(Via agencia de noticia)

O juiz Sérgio Moro foi aplaudido de pé em palestra nos EUA

 O juiz federal Sérgio Moro foi aplaudido de pé em Chicago, Estado Unidos, ao fazer uma palestra sobre as investigações sobre corrupção que comanda no Brasil.
Moro afirmou na noite desta sexta-feira (8) que as investigações da Lava Jato provocam “inegavelmente instabilidade política”, mas que a corrupção sistêmica no Brasil deve ser enfrentada e não escondida debaixo do tapete.

“O juiz decide com base nas leis, com base nos fatos. Eu não posso ficar pensando no impacto político daquilo que decido”, afirmou o titular da 13ª da Vara Federal de Curitiba, durante palestra realizada para estudantes em Chicago.

Sem se referir a nomes de envolvidos nos processos, Moro voltou a afirmar que o pagamento de propinas em contratos da Petrobras era “a regra do jogo”, como foi dito a ele por diversos delatores do esquema de corrupção. “O pior de um quadro de corrupção sistêmica não é o custo econômico e sim a progressiva erosão da confiança da população na regra da lei e na democracia. ” Ele acrescentou que “assusta” a corrupção disseminada no Brasil.













12938082_851543278324630_2385653614938006144_n

12963810_852001924945432_2160301523726916801_n

“As instituições democráticas estão funcionando bem no Brasil, é o que eu vejo com as manifestações de ruas, que são pacíficas. Nós temos um problema econômico muito sério, preocupante. Eu acho que o importante é termos a confiança de que nossas instituições estão melhores, que nossa democracia seja aprofundada e que deixe de estar contaminada pela corrupção sistêmica”, afirmou o juiz.

Moro voltou a falar da Operação Mãos Limpas ao mencionar as críticas feitas às investigações da Lava Jato. “O grande problema da operação na Itália foi a reação política, a democracia italiana não foi forte suficiente para evitar a desconstrução da investigação. ”

“Eu não acerto todas, eu posso cometer meus erros. Mas sempre decido com a pretensão de correição das decisões, com base na lei. Eu não posso levar em conta questões políticas, questões partidárias”, acrescentou o juiz, que foi ovacionado e aplaudido de pé pelo público presente.

Veja um trecho da palestra:



Amadeu Maya

Papa pede maior compreensão com famílias não tradicionais

O Papa Francisco pediu mais compreensão com relação às famílias não tradicionais no documento “A Alegria do Amor”, que foi divulgado nesta sexta-feira (8). Ele pediu aos sacerdotes de todo o mundo aceitar gays e lésbicas, divorciados católicos e outras pessoas que vivem em situações que a igreja considera "irregulares".
O texto "Amoris Laetitia" (em latim), que tem 256 páginas, traz as conclusões de dois sínodos (reuniões) sobre a crise da família, realizados em outubro de 2014 e outubro de 2015, e representa uma mudança uma vez que reconhece as numerosas razões pelas quais os casais, segundo o contexto social e cultural, decidem conviver.
O pontífice diz que a igreja não deve continuar a fazer julgamentos e “atirar pedras” contra aqueles que não conseguem viver de acordo com ideais de casamento e vida familiar do Evangelho, destacou a Associated Press.
No entanto, o documento rejeita "os projetos de equiparação das uniões entre pessoas homossexuais com o matrimônio". "Não existe nenhum fundamento para assimilar ou estabelecer analogias, nem mesmo remotas, entre as uniões homossexuais e o desígnio de Deus sobre o matrimônio e a família", diz o texto, segundo relato da France Presse.
"É inaceitável que as Igrejas sofram pressões nessa matéria e que os organismos internacionais condicionem a ajuda financeira aos países pobres à introdução de leis que instituam o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo", afirmou em outro trecho.
“Desejo, antes de mais nada, reafirmar que cada pessoa, independentemente da própria orientação sexual, deve ser respeitada na sua dignidade e acolhida com respeito, procurando evitar qualquer sinal de discriminação injusta e, particularmente, toda a forma de agressão e violência”, afirma o Papa no documento.
O pontífice tem insistido em defender que a consciência individual deve ser o princípio orientador para os católicos para negociar as complexidades do casamento, da vida família e do sexo.
O líder católico pediu à igreja que "valorize" as "uniões de fato" e reconheça os "sinais de amor" entre estes casais e que sejam "acolhidos e acompanhados com paciência e delicadeza", afirmou a France Presse.
"A escolha do matrimônio civil ou, em outros casos, da simples convivência, frequentemente não está motivada pelos preconceitos ou resistências à união sacramental, e sim por situações culturais ou contingentes. Nestas situações, poderão ser valorizados aqueles sinais de amor de que, de algum modo, refletem o amor de Deus".
Ainda no capítulo sobre o amor no matrimônio, Francisco fala do "erotismo saudável que, se bem está unido a uma busca do prazer, supõe a admiração e, por isso, pode humanizar os impulsos".










Papa Francisco, em imagem de arquivo, durante cerimônia no Vaticano em 3 de março de 2015 (Foto: Max Rossi/ Reuters)


Divorciados
O Papa Francisco já tinha dado várias declarações que indicavam uma maior abertura. Em agosto do ano passado, ele já tinha pedido para que os fiéis divorciados fossem acolhidos e não tratados como excomungados.
No documento "A Alegria do Amor", o Papa estende a mão aos divorciados que voltam a se casar e convida a igreja a "fazê-los sentir que são parte da Igreja" e recorda que "não estão excomungados", segundo a France Presse.
"Estas situações exigem um atento discernimento e um acompanhamento com grande respeito, evitando qualquer linguagem e atitude que faça com que sintam-se discriminados, promovendo sua participação na vida da comunidade", escreveu o Papa.
O Pe. José Eduardo Oliveira, que é doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade da Santa Cruz e sacerdote da diocese de Osasco, na Grande São Paulo, explica, no entanto, que embora o documento fale em acolhida dos divorciados, não menciona se eles poderão voltar a comungar.
Os casos devem ser analisados a partir de normas já estabelecidas anteriormente."Não existe uma normativa geral de tipo canônica aplicável a todos os casos", diz o documento.
“É preciso analisar cada caso e existem algumas situações em que documentos anteriores, como o Familiaris Consortio [de novembro de 1981], do do Papa João Paulo II, já prevê alguns casos de divorciados que voltaram a casar podem voltar à comunhão desde que vivam a castidade conjugal”, explicou o padre.
Realidades locais
O documento afirma que na Igreja é necessária uma unidade de doutrina e de praxe, mas isso não impede que subsistam diferentes maneiras de interpretar alguns aspectos da doutrina ou algumas consequências que derivem dela. "Em cada país ou região, é preciso buscar soluções mais culturalistas, atentas às tradições e aos desafios locais", segundo a France Presse.

Revolucionário?
A CNN afirma que o documento tem muitos elementos para agradar liberais e conservadores, o que faz com que ele tenha um alcance limitado.
Para o padre José Eduardo Oliveira o documento não é revolucionário do ponto de vista doutrinal, mas “do ponto de vista pastoral pode ser”. “Qualquer análise que queira colocar o documento no jogo de disputa entre liberais e conservadores, é muito reducionista. Acho que esse documento tira todo mundo da sua zona de conforto”, afirmou.
Para o padre, o documento representa um avanço. “O Papa não fica em um discurso teórico, ele analisa os problemas que as famílias enfrentam no mundo de hoje e mostra a necessidade de acompanhar essas famílias. Nesse sentido é um avanço”, afirmou o padre.
"Durante muito tempo acreditamos que apenas insistindo em questões doutrinais, bioéticas e morais (...) sustentaríamos suficientemente as famílias, consolidaríamos o vínculo dos esposos e encheríamos o sentido de suas vidas compartilhadas", diz o documento.

Quartos secretos em bueiros de pequena cidade italiana questionam crise social na Europa

O artista italiano Briancoshock ficou assombrado ao descobrir que ainda hojeaproximadamente 600 crianças e jovens vivem nos esgotos de Bucareste, na Romênia. Não ficou em paz com essa realidade degradante e decidiu dedicar uma instalação para o tema.
Ele resolveu transformar alguns bueiros abandonados do pequeno município italiano de Lodi, próximo a Milão, em quartos secretos, em uma tentativa de questionar como seres humanos conseguem sobreviver nos esgotos e serem ignorados.
É a instalação Borderlife. Confira mais fotos da obra!










birancoshock-arte-milao-bueiro-1
birancoshock-arte-milao-bueiro-2
birancoshock-arte-milao-bueiro-3

A paranoia do terror - Dois homens com problemas psicológicos colocam o mundo em alerta logo após os atentados em Bruxelas

Menos de uma semana depois dos atentados terroristas ao aeroporto e ao metrô de Bruxelas, na Bélgica, dois ataques colocaram o mundo em alerta novamente. O primeiro ocorreu na segunda-feira 28, quando tiros foram disparados no Capitólio, complexo que abriga o Senado e a Câmara de Deputados dos Estados Unidos, em Washington. O homem, que foi barrado no Centro de Visitantes por estar armado (soube-se depois que era uma espingardinha de chumbo), foi preso e uma mulher ficou ferida. Cheia de turistas nessa época do ano por causa da chegada da primavera no hemisfério norte, a região foi evacuada durante o tiroteio, e os funcionários ficaram trancados dentro do prédio. O alerta vermelho chegou à Casa Branca e à Suprema Corte, que também foram fechadas. No dia seguinte, um avião da EgyptAir, que transportava 81 pessoas na rota Alexandria-Cairo, no Egito, foi sequestrado e pousou no Chipre.
abre.jpg  01.jpg










Embora tenham sido tratados inicialmente como suspeita de terrorismo, mobilizando autoridades e forças especiais, os dois casos foram obras de sujeitos mentalmente desequilibrados. Larry Dawson, o atirador do Capitólio, é um pastor de 66 anos do Tennessee conhecido da polícia. Há 15 anos, ele foi acusado de assediar uma adolescente e, em outubro do ano passado, interrompeu uma sessão do Congresso para gritar: “sou um profeta de Deus.” Dawson se livrou de uma condenação, mas foi ordenado a manter distância do complexo legislativo.
TERROR-2-IE.jpg   02.jpg
O mandado foi tão inócuo quanto as mudanças feitas nos aeroportos egípcios após a explosão do voo 9268 da Metrojet, que saiu de Sharm El Sheik com destino a São Petesburgo, na Rússia, em 31 de outubro de 2015. À época, o Estado Islâmico disse que colocou uma bomba caseira na aeronave, muito provavelmente com a conivência de algum funcionário do aeroporto. Por isso, na terça-feira 29, a ameaça de Seif Eldin Mustafá, que afirmou estar vestindo um cinto explosivo, foi levada tão a sério. Antes de liberar os passageiros e os tripulantes sem nenhum arranhão, o egípcio de 59 anos fez exigências desconexas. Disse que queria entregar uma carta à ex-mulher, que vive no Chipre, e pediu asilo ao país. À imprensa cipriota, Marina Paraschos afirmou que a história do casal nada tem de romance, é rica em “dor, horror e angústia.” Para ela, o divórcio, que ocorreu há 25 anos, foi uma “libertação.”

Total de Visualizações

Anuncios !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Noset News
Todos os direitos reservados © 2016