Image and video hosting by TinyPic

Consumidores devem ter cuidado com uso de aparelhos elétricos no inverno

O inverno começa na próxima terça-feira (21), mas muitas cidades já registram temperaturas baixas desde o início do mês. Nessa época, é comum que aumente o uso de aparelhos elétricos como aquecedores, secadores e também que os banhos fiquem mais quentes, o que pode refletir em um aumento na conta de luz dos consumidores.
O maior cuidado deve ser com o uso do chuveiro elétrico, que é um dos maiores gastadores de energia dentro de uma residência, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica. Na posição inverno, o consumo do chuveiro por uma hora fica entre 4,5 e 6 quilowatts-hora (kWh). Na posição verão, na qual a água fica um pouco mais fria, o consumo é entre 2,10 e 3,5 kWh. Entre as dicas da Aneel para diminuir o consumo de energia com o chuveiro elétrico estão reduzir o tempo do banho e fechar o registro na hora de passar o sabonete ou xampu.
O tempo frio e úmido também faz com que o uso da secadora de roupas aumente nas residências. Os equipamentos consomem entre 120 kWh e 150 kWh por mês, se utilizados durante uma hora por dia. Neste caso, a dica é e aproveitar ao máximo o calor do sol para a secagem das roupas e  acumular uma maior quantidade de roupas para secar de uma única vez, para que o uso da secadora seja menos frequente.
Os secadores de cabelos, também mais usados no inverno, gastam entre 1 e 1,5 kWh a cada hora de uso. Se usado por cinco minutos durante todos os dias, o aumento no consumo mensal será entre 2,5 kWh a 3,75 kWh.
Os aquecedores elétricos também são grandes consumidores de energia. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) alerta que a compra de um modelo deve ser observada e pesquisada cuidadosamente pelo consumidor, além de atentar para a segurança do equipamento, para evitar acidentes. De acordo com o Idec, o consumo desses aparelhos pode variar entre 120 kWh e 228 kWh por mês, dependendo do tipo de aquecedor – irradiador, de gabinete, a óleo e split.
A Aneel recomenda que, ao comprar um eletrodoméstico, o consumidor prefira aqueles com o selo do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), que indica quais produtos são mais econômicos. Os produtos que apresentam notas A, ou B possuem uma maior eficiência energética, ou seja, consomem menos energia que as que indicam notas D ou E. Também é preciso ficar atento às condições e á vida útil dos aparelhos eletrodomésticos.

Da Agência Brasil

Gostou? Deixe seu comentário AQUI!

0 comentários Sobre “Consumidores devem ter cuidado com uso de aparelhos elétricos no inverno”

Postar um comentário

Total de Visualizações

Anuncios !!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Noset News
Todos os direitos reservados © 2016